top of page

A vida é um caminho de partilha que nos une e nos complementa

A Vida, o Universo nos proporciona momentos para simplesmente desfrutarmos da sua beleza  e da beleza da nossa própria companhia e sermos plenos com nós próprios.


 

Sentar-me a apreciar a natureza, a desfrutar de uma tisana, a escrever o que vem, a deixar a caneta fluir no papel, é simplesmente libertador e conecta-me comigo mesma. Reencontro-me na pureza do meu ser, da minha alma, liberto tudo, deixo tudo vir ao de cima, deixo tudo o que me possa aprisionar ou até mesmo reter.

Deixo a minha alma me guiar no meu caminho.

 

Voltar às raízes da simplicidade de ser criança e de ser feliz com a plenitude da presença no momento.

Voltar a respirar plenamente o ar que recentra todo o nosso ser e nos enraíza neste momento.

Voltar a deixar a nossa alma se expressar livremente, longe das inúmeras imprevisibilidades e da preocupação e simplesmente desfrutar cada momento como ele se revela e se expressa na sua própria existência bela e única.

 

 

Nem sempre tudo faz sentido, mas nem sempre tudo tem de fazer sentido ou bater certo porque tudo tem o seu próprio caminho de evolução, de aprendizagem e o caminho que a nossa alma reconhece como necessário para nossa evolução interior e para o encontro com a nossa luz interior.

 

A vida é um caminho de partilha que nos une e que nos complementa.


Com gratidão,

Cátia Santos




Comentarios


bottom of page